Serena

8 jan

Estava louca para passar as tardes das férias devorando algum romance que realmente me prendesse. Vasculhando a Livraria Cultura me deparei com Serena, a última obra de Ian McEwan, autor inglês que há tempos eu  queria “conhecer”. O legal é que este livro foi lançado mundialmente na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), em julho do ano passado, antes mesmo do seu lançamento na Inglaterra e nos Estados Unidos. Pelo trabalho do autor em Reparação (Atonement) – que eu infelizmente ainda não li, mas assisti ao filme (Desejo e Reparação) – já imaginava o que me esperava.

serena-ian-McEwan1

O livro é muito interessante e conta a história de uma jovem matemática que adora literatura e é funcionária do serviço secreto britânico, o MI5. Serena é a própria narradora da trama, que se passa nos 70, em meio à Guerra Fria, e traz como pano de fundo alguns eventos verídicos daquela época tensa e conturbada. Na verdade, não se trata de um livro sobre espionagem, como eu havia pensado ao ler a orelha, mas sim sobre a própria vida da protagonista, além de falar muito sobre literatura e a arte de escrever.

“Ao ser contratada pelo MI5, o Serviço Secreto Britânico, a protagonista Serena se vê como participante de uma mentira cujo objetivo é fomentar a criação de uma ficção. Isso porque ela é incumbida de estabelecer contato com um escritor a quem não pode contar que é uma espiã, nem que o dinheiro que ele passará a receber virá do Estado. Mas o contexto de toda essa armação é uma guerra muito real, num período bastante violento da história da Inglaterra, especialmente por causa da atividade do IRA. E, para Serena, o caso envolve ainda sua vida pessoal, tanto no que se refere a seu antigo amante, que a introduziu no MI5, quanto no que se refere ao escritor que é vítima do ardil, por quem acaba se apaixonando.”

Em alguns momentos eu até achei o livro um pouquinho cansativo (poucos diálogos e muita descrição), mas vale a pena mesmo ler até o final!! Não quero dar muitos detalhes pra não estragar, mas se quiser saber mais, clica aqui e aqui (cuidado, o último link tem spoiler)!!!

O que posso garantir é que o livro é ótimo e vai virar filme, então leiam logo, pois sabemos que sempre é muito mais legal ler primeiro o livro, né?

Vocês já leram alguma obra de McEwan? Qual a preferida de vocês? Estou louca pra ler mais um livro do autor e queria umas sugestões!

Anúncios

5 Respostas to “Serena”

  1. Julia Moura 8 de janeiro de 2013 às 3:01 pm #

    Amiga, querida! Depois desta apresentação e indicação quero muito ler “Serena”.
    Considero “Reparação” o melhor livro do Ian McEwan dentre os que eu já li, que são os seguintes: “Saturday” (bom, mas nada marcante), Praia (não curti muito), “Enduring Love” (interessante, boa leitura). Dizem que “Solar” é ótimo (não li) e Amsterdam foi o livro com o qual ele ficou super-reconhecido (também não li!).

    Tão bom um livro que nos cativa, né? Adoro!

    Beijos e um lindo 2013!

    Julia

    Curtir

  2. Karen Wilke 8 de janeiro de 2013 às 4:22 pm #

    Não conhecia, mas agora fiquei ‘tentada’… rs
    Karla, continue com essa delícia de blog.
    Até ía comentar…
    Quase nunca comento, mas quase sempre leio os comentários (rss).
    A impressão que tenho é que esses blogs comerciais, e até as vezes nem tanto (comerciais, mas vistos como tal), estão com os dias contados.
    A minha intenção, ao ler um blog, é saber das novidades, ter ideias, dicas, um momento – as vezes o único – de descanso mental durante o dia a dia de trabalho.
    Na atual apresentação o que me parece é que quem lê fica a espera do post pra detonar a blogueira. Uma raiva, indignação, sei lá o que guardados especialmente para os comentários.
    E isso, pras pessoas que como eu querem relaxar durante a leitura, torna o blog cada vez menos prazeroso. Será que vai ser assim mesmo?
    Podia ser bem assim, igual o nosso, né? Onde só entra quem quer acrescentar… 😉
    Fico triste com esse novo cenário.
    Beijos pra você, muuuito feliz com essa nova opção de leitura diária. Assim como eu gosto.

    Curtir

    • Karla Keunecke 9 de janeiro de 2013 às 7:42 pm #

      Oi, Karen!! O livro é genial!! Tem partes um pouco cansativas, às vezes parece que a gente está perdendo alguma coisa, tendo que voltar e reler um pedaço, mas é uma história surpreendente que vale a pena ler até o final!!!

      Adorei que vc se encorajou a comentar aqui!! Sobre os comentários em blogs, noto isto nos blogs de moda, sabe? Parece que existe uma revolta geral, não sei… com este conteúdo comercial travestido de dica… ou um pouco de exibicionismo…tb sinto isso, mas com relação a estes blogs de moda… pelo menos é o que eu percebo.. Não costumo ver comentários “maldosos” ou agressivos em blogs de decoração, casamento, culinária, literatura, viagens… já notou?

      Bom, amei sua visita e espero vc por aqui sempre, tá? Vou amar receber comentários e recadinhos seus, assim saberei que vc continua me acompanhando! 🙂

      Um beijão!!

      Curtir

      • Karen Wilke 10 de janeiro de 2013 às 1:46 pm #

        Sim, nos blogs de moda… E realmente, se pensarmos por esse lado, é uma revolta compreensível. Mas a falta de educação é chocante. Não custa dizer a verdade, com caridade…
        O livro já está na minha listinha… Eram os 5 livros que eu precisava ler nas férias, passou pra 6.. Talvez fique pra ler durante o ano, mas também quero deixar um tempo na minha vida pra esse prazer.
        Beijo

        Curtir

  3. Natalie Ribeiro 14 de janeiro de 2013 às 11:23 am #

    Oi, Karla!
    Nunca comento aqui, mas como se trata de um dos meus autores preferidos, resolvi “debutar” hehe
    Minhas sugestões: Amsterdam, Sábado e Na Praia 😉
    Beijo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: